André Campos e Roberto Costa tentam colher frutos que não plantaram!


"O perverso recebe um salário ilusório, mas o que semeia justiça terá recompensa verdadeira” (Provérbios 11:18). 

“Não erreis: Deus não se deixa escarnecer; porque tudo o que o homem semear, isso também ceifará”.  (Gálatas 6:7)

Apesar da bíblia nos orientar sobre a LEI DA SEMEADURA, ou seja, só colhemos o que plantamos, parece que alguns políticos ignoram essa LEI UNIVERSAL e querem "COLHER", o que não "PLANTARAM".

Um fato curioso chamou atenção na política da Capital Maranhense. O pré-candidato a vereador de São Luís, Marco Andre Campos da Silva, o Andre Campos e o deputado estadual Roberto Costa ambos do Movimento Democrático Brasileiro, anteriormente PMDB, a dupla teria praticado crime eleitoral.

Primeiramente, o partido nunca foi e nunca será da base do atual prefeito da capital, Edivaldo de Holanda Braga Júnior e outra tanto como o deputado e o pré-candidato a vereador são oposicionistas ao governo municipal. Ambos  vêm agindo em causa própria, perfil de pessoas  oportunistas e que não somam com  os ludovicenses. 

Entenda o caso:

A dupla CARA DE PAU, falta com a verdade ao dizer que obras das praças do Lira, Goibal e Macauba foram solicitadas por 'eles'. 

Nas redes sociais eles afirmam e agradecem... Tudo não passa de 'postagem eleitoreiro' atrás de votos na região do Centro.  

A obras citadas na publicação de Andre Campos e Roberto Costa - fazem parte de um projeto do governo federal com contrapartida do município, que visa restaurar o Centro Histórico de São Luís. Na verdade, a dupla tem características de políticos oportunistas em época eleitoral. A dupla será de forma justa investigada pelo MPE.