Sobre resultado de pesquisa Bastos afirma: "Estratégia equivocada da comunicação!"


O maior instituto em atuação no País, o EMET INSTITUTO realizou entre  os 15 e 17 pesquisas nas cidades de São Luís e Imperatriz , entrevistando 1033 pessoas em Imperatriz e 1186 em São Luís. Com 95% de confiabilidade e margem de erro de 3%, a pesquisa entrevistou um total de 2.219.
Durante a coleta dos dados, os pesquisadores da empresa andaram pelos principais bairros das duas cidades, levando em consideração um plano amostral por sexo, idade, grau de instrução, indicadores sócio-econômicos, dentre outros.
O Instituto colocou os nomes mais citados em pesquisas anteriores e os de candidatos declarados para compor a pesquisa. Por telefone falamos com o presidente do EMET INSTITUTO, o empresário Fernando Bastos, que nos informou que realizará nova pesquisa de 17 a 21 de maio, mas desta vez com um alcance muito maior, pois serão entrevistados de 6.500 a 8.500 pessoas nas 15 maiores cidades do Estado: São Luís; Imperatriz; São José de Ribamar; Timon; Caxias; Paço do Lumiar; Codó; Açailândia; Bacabal; Balsas, Santa Inês, Barra do Corda, Pinheiro, Chapadinha e Santa Luzia.


Na próxima sondagem, além dos nomes já testados neste mês de abril, o EMET INSTITUTO também deverá incluir os nomes do secretário de governo, Simplício Araújo(Solidariedade) e da prefeita de Lago da Pedra, Maura Jorge(PSDB).Quanto aos nomes de Eduardo Braide e Edvaldo Holanda Jr, Bastos informou que poderá analisar o cenário com 2 perspectivas, uma com os nomes de Braide e Holada Jr e outro sem os dois nomes.


Na verdade a atual pesquisa revelada ontem com exclusividade no programa Na hora apresentado pelo Flávio Chocolate e com a participação de Isaías Rocha além de render milhares de comentários nas redes sociais, sendo o principal tema de discussões nos grupos de whatsapp, mostrou, também, que a política de comunicação realizada tanto pelo governador Flávio Dino quanto pelo e senador Weverton Rocha precisam ser revistas com urgência, do contrário poderão pagar um preço alto, semelhante ao de 2020.

“No caso do senador Weverton Rocha ele controla um conglomerado de comunicação gigantesco, incluindo a Assembleia, à Famem e à Câmara Municipal de São Luís e o trabalho dele não consegue ecoar. Por outro lado temos o governo com vários auxiliares que estão realizando um bom trabalho, há exemplo de Felipe Camarão na Seduc e Márcio Jerry na Secid, mas que não conseguem ser lembrados. Duarte e Rubens Jr, ambos da base governista, significa resquícios da eleição do ano passado. Até mesmo em relação ao governador Flávio Dino os dados não são tão positivos. O trabalho de comunicação precisa ser reavaliado com urgência, podem anotar o que estou falado”, enfatizou Fernando.


O presidente do instituto informou, ainda, que a próxima pesquisa novamente será ABERTA aos Partidos Políticos e Ministério Público. 

“O convite permanece a todos, e as siglas partidárias que já são cadastradas poderão usar o mesmo nome de usuário e senha. Por outro lado, os novos partidos que desejarem acesso ao sistema deverão enviar os documentos comprobatórios e teremos o prazer em fornecer o acesso e senha, assim como o treinamento para o acesso web”, disse.


E quanto ao Ministério Público? 

Respondeu: “esse convite é permanente, admiramos a instituição e acreditamos que a sua participação além de trazer mais transparência ao processo eleitoral, trás maior credibilidade a pesquisa e afasta "FORÇAS OCULTAS" da velha política que tentam impedir a verdade. Nosso maior objetivo é "trazer a VERDADE para a política", essa é a nossa maior AMBIÇÃO!”, finalizou o empresário.

Veja os primeiros resultados divulgados:

Resultado de Pesquisa Espontânea para Deputado Estadual e Federal em São Luís 10 primeiro lugares

Resultado de Pesquisa Espontânea para Deputado Estadual e Federal em São Luís 10 primeiro lugares

Resultado Geral São Luís e Imperatriz - Pesquisa Espontânea

Resultado Geral São Luís e Imperatriz - Pesquisa Estimulada